Extracções dentárias

Extracções dentárias

Apinhamento e biprotrusão

Muitas pessoas assustam-se em realizar extracções dentárias e pensam que "o bom" profissional é aquele que não as faz!

Esse pensamento é errado. Não há dúvidas que de hoje em dia, através de uma mecânica avançada, conseguimos realizar menos extracções, mas ás vezes, não há outra possibilidade, para bem do paciente.

As extracções dentárias por motivos ortodônticos, quando indicadas, são uma opção de tratamento para dar estabilidade a longo prazo e alterar para melhor a estética da cara.

Dentes com espaços

Dentes com espaços

Classe III esquelética com desvios da linha média

Quando se tem um  maxilar inferior para a frente e espaços entre os dentes, há que seleccionar bem o tipo de aparelho a escolher e realizar um adequado diagnóstico para que os resultados sejam estáveis no tempo e melhorar a estética da cara.

Assimetria

Assimetria

Classe II dentária completa unilateral

Quando o lado direito é bastante diferente da do lado esquerdo, os tratamento podem ser mais complicados.

Neste caso assimetrico, colocaram-se os dentes na sua posição correcta e simetrica, sem extracções dentárias, pois o perfil da cara não o aconselhava.

Assimetria Funcional

Assimetria Funcional

Desvio da Linha média inferior

O conhecimento do tipo de assimetrias faciais é essencial para diagnosticar uma assimetria funcional da mandibula.

Quando é bem diagnosticado, o tratamento resulta sempre de forma eficiente e num curto espaço de tempo.

Lábio leporino

Lábio leporino

Tratamentos multidisciplinares

Muitas vezes a Ortodontia não é a única especialidade da Medicina Dentária a entrar em campo para o tratamento de casos mais complexos.

Há que ter uma equipa de profissionais habituado a lidar com estes casos para que os resultados sejam os mais naturais possíveis.

Este tipo de casos não só resulta de um beneficio estético e funcional, mas também psicológico.

Dentes com pouca sustentação

Dentes com pouca sustentação

Problemas periodontal

A Doença periodontal é uma doença que afecta os tecidos envolvendo dos dentes: gengiva e osso.

Quando existe inflamação dos tecidos periodontais a gengiva sangra, há perda de osso e os dentes podem ter mobilidade.

Nunca se deve realizar um tratamento ortodôntico com inflamação. Logo, primeiro há que estabilizar a inflamação e depois colocar aparelho dentário. 

Nestes casos, o aparelho ajuda muito a estabilizar a mobilidade dentária, podendo provocar através da movimentação dos dentes, nova formação de osso, essencial para o sua manutenção na boca.

Falta de dentes

Falta de dentes

Agenesias dentárias mutiplas

Mais um caso complexo de reabilitação total da boca, que se não fosse a utilização de aparelho dentário, não teria sido possível obter estes resultados

Linha média inferior desviada

Linha média inferior desviada

Classe II mandibular

Caso de mandibula curta, com assimetria dentária tratada de maneira não cirurgica.

Este tipos de casos são tratados não só com aparelho dentário, mas também mediante aparatologia acessória.

Falta de Incisivos laterais

Falta de Incisivos laterais

Fecho dos espaços

Quando existe falta de dentes definitivos, genericamente, pode-se abrir espaços para colocar o dente em falta ou fechar os espaços, ficando o paciente com os seus dentes naturais.

O dignóstico ortodôntico é fundamental para optar por uma situação ou por outra. Neste caso foi fechado o espaço e depois realizado uma cosmética dentária. 

Falta de um Incisivo lateral

Falta de um Incisivo lateral

Colocação de implante

Colocação de um implante de canino, já que a paciente queria um tratamento rápido. A particularidade deste caso, diz respeito ao maxilar inferior protruído que tinha, juntamente com o grande apinhamento na arcada inferior.

dentes da frente separados

dentes da frente separados

Mordida aberta

Os casos de mordida aberta são sempre um grande desafio. Este caso é um caso de retratamento, como muitos, em que se fechou a mordida aberta sem cirurgia ortognática.

A mordida foi fechada com aparelho fixo estético e microimplantes, estando o caso muito estável.

Canino Incluido

Canino Incluido

Classe II molar

Como primeira opção de tratamento os caninos inclusos devem de ser traccionados para a arcada dentária.

Caso assimetrico, com relação molar de classe II do lado direito, realizado sem extracções dentárias.

Caninos Inclusos

Caninos Inclusos

Tracção de caninos

Por vários motivos os caninos definitivos podem ficar retidos nas arcadas dentárias.

O tratamento de eleição passa pela colocação de aparelho dentário e realizar a tracção dos caninos, para que o paciente fique com todos os seus dentes na arcada dentária.

 

Aparelhos Funcionais e estética dentária

Aparelhos Funcionais e estética dentária

Classe II esquelética grave

Caso de Adolescente tratrado no seu pico de crescimento. Deste modo são evitados tratamentos mais complexos em idade adulta, tal como o recurso à cirurgia ortognática.

No final do tratamento foram realizadas restaurações estéticas pela Dra Filipa Alves.

Classe II Ligeira

Classe II Ligeira

Colocação com elásticos intermaxilares

Caso terminado em 10 consultas devido a uma boa colaboração por parte da paciente. Ligeira classe II canina e molar, bem resolvida.

Assimetria funcional

Assimetria funcional

Mordida cruzada de canino

Caso de uma assimetria funcional por ter um canino com mordida cruzada e consequentemente um desvio da linha média inferior. Tempo de tratamento: 13 meses.